Mais uma serra-talhadense atravessa o mundo para brilhar e levar o nome da cidade para novos horizontes. Eveline Crislaine Pereira Santos, 26 anos, é modelo na Bélgica e está concorrendo a um importante concurso por lá.

A jovem foi a Europa a passeio visitar uma tia, Lucélia Gomes Pereira, e acabou se apaixonando pelo lugar e por Yannick Mullem, um jovem belga. Na nova casa, Eveline também começou uma nova carreira e acabou concorrendo ao Top Model Bélgica, na categoria Top Women Beauty (Beleza Feminina).

Para a carreira de modelo, Eveline estuda idioma e faz preparação física, além de aulas de passarela, e participa de ensaios fotográficos cotidianamente.

Ao Farol de Notícias, a jovem disse que se alegra com a oportunidade de participar do certame, mas como muitas meninas, Eveline confessou que não começou a carreira mais cedo por não acreditar no próprio potencial.

Certo dia, foi surpreendida com a aprovação do juri do concurso pela sua desenvoltura e beleza que a levaram a ocupar uma vaga nas semi-finais Top Model Bélgica.

“Sempre me perguntaram no Brasil e aqui Bélgica se eu trabalhava como modelo. Até tinha vontade, mas nunca me candidatei achando que não tinha potencial suficiente. Até que surgiu esse concurso e eu pensei: ‘é agora ou nunca’. Com a torcida das amigas e de minha tia eu me candidatei”, disse a serra-talhadense, confessando:

“Fiquei muito surpresa quando o juri me selecionou, estou nas semi-finais. O desfile será em março, na cidade Antuerpia e terá a seleção para a final, em Paris. E já estou feliz com a honra de ter chegado até aqui, é uma experiência incrível que levarei comigo sempre. E conto com a torcida de Serra Talhada”.

SAUDADE DE CASA

A jovem é filha dos serra-talhadenses Cicero Elias Bezerra, de 53 anos, e Lindinalva Gomes Pereira Santos, 47 anos, proprietários de um mercadinho na Rua Getúlio Vargas, no bairro São Cristóvão. Em Serra Talhada, Eveline estudou nas escolas estaduais Irmã Elizabeth e Cornélio Soares.

A doçura e simpatia de Eveline Pereira foram com ela para a Bélgica, e durante a entrevista fez questão de lembrar não só da saudade que sente da sua família, mas também dos amigos que deixou no Sertão do Pajeú. Há dois anos ela trouxe parte de sua família belga para conhecer a capital do xaxado.

“Gosto de morar aqui, gosto da cultura. O frio que é demais, mas sinto muita saudade da família; da minha melhor amiga Jessica Parente. Também sinto saudade do calorão do meu Brasil e da minha Serra Talhada. Quero deixar um grande beijo para todos os amigos, em especial Andresa Magalhães, familiares e conhecidos dai. Estive em Serra em 2016 com meu noivo e minha sogra. Eles amaram tudo, foi maravilhoso mostrar um pouco da minha cultura. Grata por ter a honra de ser entrevistada pelo Farol da cidade que amo”.

Por Manu Silva/Farol Noticias