A cidade de Araripina, em Pernambuco, foi selecionada para participar do Programa Internacional de Cooperação Urbana organizado pela União Europeia que objetiva a integração com cidades da Europa em temáticas de desenvolvimento urbano sustentável. O município pernambucano foi o único da região Nordeste selecionado pela União Europeia.

Como parceira, a União Europeia oferece apoio técnico e logístico na elaboração de planos em favor do desenvolvimento urbano local, conhecimento sobre fontes de financiamento e todo seu respaldo internacional, além de oficinas, encontros internacionais e intercâmbios técnicos. Para a entidade, essa é uma oportunidade para os municípios brasileiros se inserirem no contexto internacional.

O prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel, foi convidado pela União Europeia para estar presente no evento de lançamento oficial do programa a nível mundial que acontecerá na cidade de Bruxelas, na Bélgica, nos dias 9 e 10 de novembro. A União Europeia custeará a participação dos prefeitos das cidades selecionadas. O objetivo geral desse evento é reunir governos locais e subnacionais de várias partes do mundo para conhecerem e apresentarem práticas inovadoras em temas de desenvolvimento sustentável local e ação climática e trocarem conhecimentos entre si.

As outras cidades brasileiras selecionadas no Programa Internacional de Cooperação Urbana são Belo Horizonte (MG), Benedito Novo (SC), São Leopoldo (RS), Vitória (ES) e o Consórcio de cidades do Grande ABC (SP). Saiba mais acessando o site http://www.iuc.eu/lac-pt/cooperacao-entre-cidades/

Por SECOM/PMA

COMPARTILHAR
Artigo anteriorJovem desaparece na cidade de Trindade (PE)
Próximo artigoBrasil tem pior democracia da América Latina
Paulo Gonçalves Arraes, nasceu em Araripina-PE em 1969, formado em Ciências com habilitação em Biologia pela FAFOPA, com cursos de Instrutor de Trânsito e Diretor de CFC (Auto Escola) pela UPE/Detran-PE, Vereador 1999/2000 (PSB) e 2001/2014 (PPS), Assessoria Política em campanhas eleitorais na Região do Araripe e em 2009 representou Pernambuco no Movimento pela Recomposição das Câmaras de Vereadores no Congresso Nacional em Brasília.