O ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes(PSDB), enviou mensagem neste domingo (22) ao chefe de gabinete de Aécio Neves, Flávio Alencastro, pedindo para convencer o senador a se afastar em definitivo da presidência nacional do PSDB a fim de amenizar o desgaste no partido na opinião pública.

A posição de Elias coincide com a do senador e presidente interino do partido, Tasso Jereissati (CE), para quem Aécio não tem “mais condições” de permanecer à frente da legenda por estar sendo investigado pela Operação Lava Jato.

Veja a carta enviada por Elias Gomes a Flávio Alencastro:

Prezado Flávio Alencastro, quero compartilhar com você, que é chefe de gabinete e amigo do senador Aécio Neves a modesta opinião de quem tem acompanhado com interesse e preocupação o desenrolar dos acontecimentos envolvendo o nosso senador.

Quero dizer que, desde o primeiro momento, procurei fazer ver que não se deve julgá-lo sem um amplo direito de defesa, o que certamente ocorrerá. Acontece que a avaliação que faço agora não é de natureza jurídica. É que politicamente é muito ruim e incômoda a situação do PSDB e do próprio Aécio permitir que se continue esta situação dele como presidente licenciado, onde se expõe a duras críticas e a um olhar mais atento e cada vez mais crítico da sociedade e da mídia e do partido, que fica cada vez mais desgastado perante a opinião pública.

Se possível, lhe peço a gentileza de fazer chegar ao caro amigo Aécio que manifesto esta posição no sentido de que ele reflita sobre a possibilidade de um gesto, o que é muito comum a ele que sempre teve grandeza política e generosidade, que contribua para reunificar o PSDB e restaurar as nossas forças, fortalecendo-nos para uma disputa vitoriosa em 2018, elegendo uma grande bancada em cada estado da federação, ampliando o numero de governadores e sobretudo elegendo o próximo presidente da República. Isto exige, repito, gestos, autocrítica e humildade.

A renúncia de Aécio só o fortalecerá pela sua atitude de pacificador e diminuirá o gigantesco desgaste a que estamos submetidos.

Receba e transmita o meu fraterno abraço ao senador Aécio que – isto não se pode negar – tem uma valiosa folha de serviços prestados a Minas Gerais e ao Brasil. Por Inaldo Sampaio

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCasal é morto a tiros e neta é baleada em Juazeiro do Norte
Próximo artigoJovem morre afogada no Rio São Francisco
Paulo Gonçalves Arraes, nasceu em Araripina-PE em 1969, formado em Ciências com habilitação em Biologia pela FAFOPA, com cursos de Instrutor de Trânsito e Diretor de CFC (Auto Escola) pela UPE/Detran-PE, Vereador 1999/2000 (PSB) e 2001/2014 (PPS), Assessoria Política em campanhas eleitorais na Região do Araripe e em 2009 representou Pernambuco no Movimento pela Recomposição das Câmaras de Vereadores no Congresso Nacional em Brasília.