O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) foi um dos poucos políticos pernambucanos que acompanharam nesta sexta-feira (2) a visita do presidente Michel Temer ao sertão pernambucano.

Também estavam em Cabrobó (PE) o vice-governador Raul Henry, os ministros da Integração, Hélder Barbalho e de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, além do prefeito Marcílio Cavalcanti (MDB).

“Queria dizer da minha emoção e da minha satisfação por estar participando desta agenda hoje aqui em Cabrobó”, iniciou FBC.

“Vossa Excelência (presidente Temer) veio aqui hoje não para disputar a paternidade da obra (um trecho da transposição do rio São Francisco) com ninguém, mas para mostrar que a transposição não iria virar um elefante branco”.

Em seguida, destacou os esforços feitos pelo governo federal para proporcionar segurança hídrica ao Sertão do Nordeste, citando a inauguração do Eixo Leste da transposição que levou água de Floresta (PE) para Campina Grande (PB).

No caso de Pernambuco, o senador ressaltou a liberação de R$ 130 milhões para Adutora Agreste e de R$ 300 milhões, via empréstimo da Caixa Econômica para a Compesa, além do Projeto Pontal em Petrolina.

O senador também incluiu no seu discurso as conquistas obtidas durante a gestão de Michel Temer, como a redução da inflação que caiu de 10% para 3% e a menor taxa de juros desde a implantação do Plano Real, no começo da década de 1990.

Por fim, defendeu a reforma da Previdência que está tramitando no Congresso Nacional.

“A proposta da previdência que está aí não toca nos direitos dos trabalhadores rurais como alguns estão falando. A proposta atende aos interesses da nação. Se não fizermos essa reforma, não teremos dinheiro para pagar aos aposentados. Em Pernambuco, por exemplo, o déficit da previdência em 2017 foi de R$ 2,4 bilhões para beneficiar apenas 88 mil pernambucanos”, afirmou.

Por Inaldo Sampaio

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCorpo de Homem é encontrado na zona rural de Araripina
Próximo artigoNestlé é acusada de publicidade enganosa em leite para bebês
Paulo Gonçalves Arraes, nasceu em Araripina-PE em 1969, formado em Ciências com habilitação em Biologia pela FAFOPA, com cursos de Instrutor de Trânsito e Diretor de CFC (Auto Escola) pela UPE/Detran-PE, Vereador 1999/2000 (PSB) e 2001/2014 (PPS), Assessoria Política em campanhas eleitorais na Região do Araripe e em 2009 representou Pernambuco no Movimento pela Recomposição das Câmaras de Vereadores no Congresso Nacional em Brasília.