A Nestlé deve responder, nos próximos dias, a uma pesquisa dizendo que seus produtos para crianças não entregam o que prometem em suas informações nutricionais e campanhas de marketing.

Um relatório da Changing Markets Foundation, fundação de economia sustentável, diz que as fórmulas dos produtos de nutrição infantil da Nestlé têm muitas inconsistências, lançando dúvidas sobre a credibilidade das alegações de saúde da fabricante.

“O relatório levanta alguns pontos importantes, sobre os quais queremos nos debruçar em detalhes”, disse um porta-voz da Nestlé nesta sexta-feira (2). “Vamos responder às preocupações e recomendações do relatório nos próximos dias.”

A fundação diz ter analisado os produtos que a Nestlé vende para bebês de menos de 12 meses em 40 países diferentes, comparando as alegações de marketing e os ingredientes em mais de 70 produtos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFernando Bezerra Coelho assume defesa do governo Temer
Próximo artigoBenefício compensa falta de reajuste a juízes, afirma Moro
Paulo Gonçalves Arraes, nasceu em Araripina-PE em 1969, formado em Ciências com habilitação em Biologia pela FAFOPA, com cursos de Instrutor de Trânsito e Diretor de CFC (Auto Escola) pela UPE/Detran-PE, Vereador 1999/2000 (PSB) e 2001/2014 (PPS), Assessoria Política em campanhas eleitorais na Região do Araripe e em 2009 representou Pernambuco no Movimento pela Recomposição das Câmaras de Vereadores no Congresso Nacional em Brasília.