No lançamento da sua pré-candidatura ao Governo do Estado, a vereadora do Recife, Marília Arraes(PT), mostrou ter lastro político para tentar derrotar o governador Paulo Câmara (PSB), nas eleições deste ano.

Nesse sábado, dia 27, a neta de Miguel Arraes conseguiu aglutinar mais de 3 mil pessoas em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco e, ainda, cerca de 80 diretórios, em prol da sua candidatura.

Na sua fala, a petista defendeu a candidatura do ex-presidente, Luís Inácio Lula da Silva, mesmo depois de ele ter sido condenado em segunda instância, no Tribunal Regional Federal (TRF 4), de Porto Alegre, por 12 anos e 1 mês de prisão.

“Por que lá no banco dos réus não estava o ex-presidente, Lula, mas cada brasileiro e brasileira que tiveram suas conquistas sociais consolidadas nos últimos anos”, disse a petista.

Marília no lançamento da sua pré-candidatura ao Governo de PE Foto: Robério Sá

No palanque, Marília Arraes, também, comemorou a presença do porta-voz do senador Humberto Costa (PT), Dilson Peixoto, que marcou presença no ato político.

“Dilson Peixoto, sua presença foi muito simbólica e, a partir de hoje, não teremos mais que andar o estado dando explicações e dizendo que o PT está desse jeito ou daquele jeito, que um quer isso e outros querem aquilo. Não! Nós estamos juntos, nós estamos juntos porque sabemos para onde vamos. Não vamos com a maré. Não vamos fazer discurso fácil. Nós queremos defender o presidente Lula e colocar Pernambuco no rumo de onde ele saiu”, declarou a pré-candidata.

Por fim, a petista agradeceu o apoio da militância política e afirmou que não irá decepcionar o Partido dos Trabalhadores (PT) e o povo, em um futuro governo à frente do Estado de Pernambuco.

“Não é pouca a responsabilidade que vocês estão nos dando hoje. E, essa responsabilidade será cumprida com quem tem a história nos ombros, mas, que tem um futuro muito grande para construir juntos com as pernambucanas e os pernambucanos”, concluiu.

Por Robério Sá

COMPARTILHAR
Artigo anteriorClarão no céu assusta moradores do Acre
Próximo artigoRosalva, ex-conselheira tutelar, falece em Petrolina (PE)
Paulo Gonçalves Arraes, nasceu em Araripina-PE em 1969, formado em Ciências com habilitação em Biologia pela FAFOPA, com cursos de Instrutor de Trânsito e Diretor de CFC (Auto Escola) pela UPE/Detran-PE, Vereador 1999/2000 (PSB) e 2001/2014 (PPS), Assessoria Política em campanhas eleitorais na Região do Araripe e em 2009 representou Pernambuco no Movimento pela Recomposição das Câmaras de Vereadores no Congresso Nacional em Brasília.