Nesta terça-feira (23) a partir das 18:00 horas a cidade de Ouricuri, que tem posição central na Região do Araripe,  distante 623 km da capital, começa receber caravanas dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais das cidades, Araripina, Trindade, Ipubi, Exu, Moreilândia, Granito, Bodocó, Santa Cruz, Santa Filomena e Parnamirim, que formam o Polo Sindical do Araripe ligado a FETAPE.

O evento tem como pauta principal a defesa da democracia, reforma previdenciária, direitos dos trabalhadores e justiça. A FETAPE é quem está à frente das manifestações em Ouricuri e em todo estado, conforme foi divulgado pela entidade.

Na “Terra dos Voluntários da Pátria” os manifestos contará com a participação de ONGs, Igrejas, MST, a Frente Brasil Popular, entre outros. Nos locais haverá falas políticas, panfletagem, apresentações culturais e gritos de guerra.

Houve apresentações culturais durante manifestações em Serra Talhada Fotos: Divulgação

A programação das manifestações começa pela vigília hoje (23), a partir das 18h, na Praça de Eventos do município e amanhã (24) haverá o acompanhamento do julgamento do ex-presidente Lula, em frente ao Fórum da Cidade, que será julgado pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre.

“Estamos articulando os trabalhadores e trabalhadoras rurais e os nossos diferentes parceiros para a reafirmação do nosso compromisso com a luta pela Democracia. A condenação do ex-presidente é política. Ele está sendo condenado por ter acabado com a fome de muita gente; por ter incluído o Nordeste, o campo, os negros, os indígenas e os mais pobres no projeto de desenvolvimento do Brasil; por ter acreditado que a maior riqueza do nosso país é o seu povo. Por tudo isso, também estamos afirmando: Eleição sem Lula é fraude”, explica o presidente da FETAPE, Doriel Barros.

Da Redação do Blog do Paulo