CCJ aprova PEC que permite voto de estrangeiros em eleições municipais

Proposta de emenda à Constituição, aprovada nesta quarta-feira (14) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, altera os arts. 5º, 12 e 14 da Constituição Federal para estender a estrangeiros direitos inerentes aos brasileiros e conferir aos estrangeiros com residência permanente no país o direito a votar e se candidatar nas eleições municipais.

A PEC 25/2012 é de autoria do senador licenciado Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP). O relator da matéria, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), observa que o estrangeiro, residente no Brasil e desenvolvendo atividade econômica no país, tem direito a participar da vida política, por estar inserido na sociedade brasileira.

Por Roberto Fragoso

Senado aprova projeto que facilita o crédito ao proprietário rural

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (14) o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 212/2015, que autoriza o proprietário de imóvel rural a submeter sua área total ou fração dela ao regime de afetação e instituir a Célula Imobiliária Rural (CIR). Esses procedimentos facilitam a obtenção de crédito porque dão uma garantia aos credores. O texto volta à Câmara devido às emendas que recebeu do relator, senador Ronaldo Caiado (DEM-GO).

O regime de afetação permite ao produtor rural separar uma parte do seu imóvel para dar como garantia ao pedir um empréstimo. Assim, o produtor não compromete toda a propriedade e separa uma fração que tenha valor equivalente ao da negociação. A mesma separação em frações poderá ser feita para emissão de Cédula Imobiliária Rural (CIR), um título de crédito criado pela proposta e que poderia ser negociado na bolsa de valores.

“No primeiro caso, o credor pode obter a transferência do imóvel para o seu nome, no caso de inadimplemento. No segundo caso, é realizada a venda do bem, com o pagamento das despesas, da dívida e com o recebimento pelo produtor rural do eventual valor remanescente”, explicou Caiado, em seu relatório favorável à matéria, entregue à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Estelionato

Ainda de acordo com o PLC 212/2015, fica sujeito a condenação por crime de estelionato o produtor rural que mentir sobre a área do imóvel rural ou suas características, instalações e acessórios lançados como patrimônio de afetação. A mesma punição alcança aquele que omitir, na CIR, que o bem está sujeito a outro ônus ou responsabilidade de qualquer espécie, inclusive de natureza fiscal e ambiental.

Caiado fez algumas emendas, que foram apoiadas pelos partidos que participaram da reunião de líderes. Uma delas inclui a obrigação de registrar a CIR em até 90 dias, sob pena de se tornar sem efeito. A outra diz que o proprietário que não emitir a CIR em 90 dias, ficará impedido de afetar patrimônio por um ano. E a última acrescenta a necessidade de adimplência em relação a financiamento e créditos rurais contratados, com juros subsidiados.

O senador Telmário Mota (PTB-RR) disse que a aprovação do projeto vai ampliar e tornar mais simples e ágil o acesso ao crédito pelo produtor rural.

— Esse projeto vai, sem nenhuma dúvida, favorecer tanto o pequeno, quanto o médio, quanto o grande produtor —disse.

O senador José Agripino (DEM-RN) falou que a matéria é muito importante e apresenta uma inovação. Ele explicou que o proprietário de terra não vai mais precisar hipotecar a propriedade inteira.

— Você, em cima da propriedade, reserva uma área, separa uma área e emite uma cédula, chamada CIR. Ela tem valor de suporte ao empréstimo que se é levantado sem que a propriedade como um todo seja dada como garantia do empréstimo – disse.

Araripina: Serra do Rancho Grande realiza festejos juninos

Nesta quarta-feira (14), a partir das 19:00 horas, acontece pelo o terceiro ano consecutivo o “São João do Rancho Grande”, em frente a residência (no terreiro, popularmente dizendo) de Dona Lia, na Serra do Rancho Grande, em Araripina. A comunidade fica após a Serra do Ipa, há aproximadamente 20 km do Centro de Cidade.

A festa é realizada pela Associação de Moradores local, que envolve todas as comunidades circunvizinhas e dos filhos da localidade que hoje residem na cidade, mas sempre estão presente, principalmente neste tipo de evento que mantém a tradição do Povo Nordestino.

Na festa vai ter apresentação da quadrilha da escola Pedro Barreto Alencar, entre outras, sanfoneiros, paredões de som e serão entregue troféus e medalhas.

O evento junino conta com apoio de Prefeitura de Araripina.

Da Redação

Alunos de Direito iniciam atividade voluntária nas comarcas do Araripe

A Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Araripina – Facisa, apresentou nesta segunda-feira, 12, os 24 alunos do curso de Direito que serão voluntários nas comarcas de Araripina, Trindade, Ipubi, Bodocó e Ouricuri no projeto “Desenvolvendo a carreira – a prática profissional no Judiciário”, uma parceria institucional da Autarquia Educacional do Araripe – AEDA e do Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE.

Os voluntários servirão durante 12 meses em uma jornada diária de 3h nas comarcas e estarão lado a lado com juízes e servidores, além de manter contato com advogados e com a sociedade. Nesta relação voluntária, os alunos aprenderão mais sobre a prática jurídica e terão oportunidade de ganhar novos conhecimentos e experiências.

Para fazer parte do grupo de voluntários, os alunos foram submetidos a uma prova objetiva que avaliou diversos conhecimentos sobre o direito penal, processual penal, constitucional, civil, processual civil e língua portuguesa. Em Araripina as duas varas receberão dez voluntários, em Trindade serão três, assim como em Bodocó. As comarcas de Ipubi e Ouricuri receberão quatro voluntários, cada uma.

Para o juiz da Comarca de Araripina, Dr. Clécio Camelo de Albuquerque, a oportunidade de um estágio, ainda que voluntário, é uma ótima chance de obter novos conhecimentos. Ele também elencou as virtudes que os voluntários terão de ter durante o período das atividades.

“É preciso ter muita discrição, compromisso com as atividades e os horários e acima de tudo muita vontade de aprender”, disse o magistrado.

Participaram da solenidade de apresentação os juízes da comarca de Araripina, Dr. Clécio de Albuquerque e Dra. Angélica Chamon, da comarca de Ipubi, Dr. Fernando Cardoso e de Trindade, Dr. Paulo Ricardo Cassaro. Além da diretora pró-tempore da Aeda, Rosa Maria Reis, a diretora da Facisa, Ana Paula Delmondes, a procuradora-geral de Araripina, Dra. Priscila Bandeira e a presidente da OAB Subseccional do Araripe, Gabriela Reis Batista e alunos, professores e servidores da Facisa e Aeda.

Por Jorge Possetti

PRF reforçará fiscalização durante Operação Corpus Christi em PE

Começa a zero hora desta quarta-feira (14) e segue até a meia-noite de domingo (18) a operação Corpus Christi da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pernambuco. Nesse período haverá um aumento na fiscalização de trânsito, nas ações de combate ao crime e de educação para o trânsito, para proporcionar mais segurança a quem utiliza as rodovias federais no estado.

Apesar de não possuir o mesmo caráter festivo do Carnaval, o feriado de Corpus Christi, assim como todos aqueles feriados próximos aos fins de semana, também é caracterizado pelo aumento do fluxo de veículos e de ônibus de passageiros nas rodovias federais.

A fiscalização terá como foco as BRs 101, 232, 104, 423, 407 e 428, que levam aos municípios de Recife, Gravatá, Caruaru, Garanhuns, Serra Talhada e Petrolina. O feriado também coincide com o início das festividades juninas no Agreste e no Sertão pernambucanos, o que requer uma maior atenção dos motoristas.

Os comandos darão prioridade às infrações mais graves, como o excesso de velocidade, as ultrapassagens indevidas, o uso irregular de motocicletas e a embriaguez ao volante. Também serão realizadas ações em conjunto com as equipes da Operação Lei Seca, para prevenir o uso de álcool associado à direção veicular.

Penalizações

A atenção é fundamental durante os deslocamentos, por isso recomenda-se ao motorista entregar o celular ao passageiro e evitar distrações durante a viagem. Além da multa, que pode chegar a R$ 880,41, o excesso de velocidade aumenta os riscos de acidente. A revisão no veículo deve ser realizada com antecedência e a utilização dos faróis durante o dia, além de obrigatória, melhora a visibilidade de todos que utilizam as rodovias.

Primo de Aécio entrega R$ 1,5 mi de dono da JBS

A defesa de Frederico Pacheco, primo do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), fez um depósito judicial nesta terça-feira, 13, no valor de R$ 1,5 milhão em agência da Caixa Econômica Federal no bairro Luxemburgo, zona sul de Belo Horizonte. Frederico foi preso no dia 18 de maio durante a Operação Patmos.

Os recursos depositados seriam parte dos R$ 2 milhões repassados pela JBS ao senador, conforme delação premiada de Joesley Batista, um dos donos da empresa. Frederico Pacheco foi um dos encarregados de transportar os recursos. Mendherson Souza Lima, que trabalhava para o senador Zezé Perrella (PMDB-MG), também teria participado do transporte do dinheiro.

No mês passado, a PF apreendeu duas sacolas com um total de R$ 480 mil na casa da sogra de Mendherson, em Nova Lima, na Grande Belo Horizonte. O mandado de busca e apreensão foi anexado ao inquérito que investiga Aécio, no dia 26. Frederico e Mendherson estão presos na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem.

A informação sobre o valor depositado na Caixa foi repassada pelo advogado de Mendherson, Antonio Velloso Neto. A operação foi acompanhada pela Polícia Federal.

‘Lavagem’

Para o advogado, o depósito realizado mostra que não houve lavagem de dinheiro com o uso de conta-corrente de empresa do filho do senador Perrella, Gustavo Perrella.

Conforme as investigações da PF, parte dos R$ 2 milhões teria sido depositada na conta da Tapera Participações e Empreendimentos Agropecuários, que tem como dono Gustavo. “Não existe essa história de lavagem de dinheiro. Mendherson nunca lavou dinheiro na empresa do Perrella e nunca lavou dinheiro para ninguém”, afirmou Velloso. “É a comprovação absoluta de que o dinheiro não está mais em circulação.”

O advogado de Frederico Pacheco não atendeu ligações telefônicas nem respondeu a questionamentos feitos pela reportagem por mensagem. À época da prisão de Frederico e Mendherson, a defesa de Aécio Neves afirmou que os R$ 2 milhões seriam um empréstimo para pagar seus advogados nas investigações da Operação Lava Jato. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Reunião de Temer com governadores demonstra normalidade no governo, diz Governador

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), avaliou que o presidente Michel Temer “demonstrou que há normalidade nas coisas” ao discutir propostas que trazem alívio financeiro aos Estados na noite desta terça-feira. “Ele está governando e está debatendo a pauta”, declarou perillo.

Temer ofereceu um jantar no Palácio do Alvorada para 16 governadores e quatro vice-governadores. Além deles, também participaram do evento o novo presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro; o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi; os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); e diversos integrantes do governo.

“Temer é o presidente da república, viemos suprapartidariamente, em momento algum isso (crise no governo) foi pensado ou refletido. Viemos por agenda administrativa e o presidente foi atencioso como sempre”, afirmou Perillo.

Apesar da pauta econômica, a reunião foi uma forma de Temer buscar apoio político para tentar manter unida a sua base aliada no Congresso Nacional para retomar as votações das reformas. O Planalto vive também a expectativa de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denuncie Temer com base nas delações dos executivos da JBS.

Perillo, no entanto, disse que Temer não pediu apoio às reformas e que todas as discussões foram em torno da situação dos Estados. “Não foi dada uma palavra sobre reformas, tampouco apoio político ou crise”, reforçou. Ele destacou que o PSDB apoia as medidas estruturais do governo.

BNDES

No encontro, o novo presidente do BNDES, Paulo Rabello, anunciou aos governadores que a renegociação das dívidas de Estados com o banco terá duas etapas. A primeira fase se dará ainda este ano, com a renegociação de R$ 20 bilhões em dívidas com garantia da União. A segunda fase, que inclui a renegociação de R$ 30 bilhões de dividas sem garantia da União, incluindo a linha BNDES Copa, só será efetivado a partir de janeiro de 2018. A medida é importante para dar um alívio de caixa aos Estados, que enfrentam crise financeira. (Julia Lindner e Idiana Tomazelli).

Incêndio destrói prédio com várias mortes na Inglaterra

Um incêndio num prédio residencial no oeste de Londres causou “várias mortes”, comunicou nesta quarta-feira (14/06) o chefe dos bombeiros da capital britânica. “Há vários mortos. Não posso confirmar um número neste momento, devido ao tamanho e complexidade do prédio”, afirmou Dany Cotton, responsável pela Brigada de Incêndios de Londres, em declarações à imprensa sobre o edifício Grenfell Tower, com cerca de 120 apartamentos populares.

Ao menos 50 pessoas foram hospitalizadas, de acordo com serviços de emergência. “Já levamos mais de 50 pacientes para cinco hospitais em Londres, após o incidente na Grenfell Tower”, comunicou o diretor-assistente de operações do serviço de ambulâncias da capital britânica, Stuart Crichton, via Twitter.Há temores de que o prédio possa entrar em colapso. Testemunhas relataram ter ouvido gritos vindos do edifício e que viram algumas pessoas caírem ou pularem, além de outras acenando nas janelas.”Muita gente não saiu do prédio”Hanan Wahabi, de 39 anos, escapou com o marido e os filhos, de 16 e oito anos, mas disse temer pelo irmão e a família dele, que vive no 21º andar. “Na última vez que o vi, eles estavam acenando pela janela com sua mulher e filhos”, disse à agência de notícias AFP. “Não tenho sinal deles desde então. O telefone fixo não funciona.”Eddie, de 55 anos, residente do 16º andar, relatou que fugiu com uma toalha molhada enrolada na cabeça, enquanto a fumaça engolia seu apartamento. “Não dava para enxergar nada. Simplesmente corri escada abaixo. Muitas pessoas não saíram do prédio”, disse.Sete horas após o alarme de incêndio ter sido acionado, ainda podiam ser vistas chamas na estrutura praticamente carbonizada do prédio.

Uma densa nuvem de fumaça pairou sob o horizonte oeste de Londres.O apresentador de televisão George Clarke, que mora perto do local, disse à Radio BBC que viu pessoas no último andar acenando com lanternas. “Eles obviamente não conseguem sair”, acrescentou.O prefeito de Londres, Sadiq Khan, descreveu o incêndio como um “grande incidente” em seu Twitter.

Autoridades relataram que o fogo se espalhou por todo o edifício e se estendeu do segundo ao 24º andar. A polícia disse ter sido convocada para a cena do incêndio a 01h16 da manhã (horário local). O corpo de bombeiros mencionou a participação de 200 bombeiros e 40 veículos de combate a incêndios.Alguns relatos sugeriram que o fogo atingiu também a saída de emergência da torre, tornando extremamente difícil qualquer esforço de resgate. A causa do incêndio ainda não está clara.Alertas sobre risco de incêndioO Grenfell Tower, que serve de moradia social, foi construído na década de 1970 na área de classe trabalhadora no norte de Kensington – próximo ao elegante bairro de Notting Hill. O prédio é de propriedade do Royal Borough of Kensington and Chelsea, a câmara local.

No ano passado, os residentes da Grenfell Tower advertiram as autoridades de que o lixo acumulado durante uma reforma recente no prédio poderia representar um risco de incêndio.”Este assunto é particularmente preocupante, pois existe apenas uma entrada e saída para a Grenfell Tower durante as obras de reforma”, diz uma publicação no blog do Grenfell Action Group. “O potencial de um incêndio na área comum de passagem de pedestres faria com que moradores ficassem presos no edifício.”PV/ap/dpa/afp/rtr

 

Comissão de Transportes dispensa farol aceso durante o dia

A Comissão de Viação e Transportes aprovou proposta que exclui as rodovias integradas a áreas urbanas da exigência do uso de faróis durante o dia.

A Lei 13.290/16 alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB, Lei 9.503/97) para tornar obrigatório o uso de farol aceso em rodovias durante o dia. Além disso, os faróis devem ser mantidos acesos ao atravessar túneis providos de iluminação pública.

Luz de rodagem
A proposta aprovada também exige que as luzes de rodagem diurna se tornem equipamentos obrigatórios nos novos veículos a partir do quarto ano de vigência da lei, se aprovada, na forma e no prazo a serem estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Essas luzes equivalerão ao uso dos faróis quando em trânsito nas estradas e rodovias.

Segundo Leal, esses faróis de rodagem diurna (daytime running light – DRL) são acionados automaticamente quando o veículo é ligado. “Assim os condutores não têm como esquecer de ligá-los.”

O texto aumenta ainda a penalidade para quem trafegar com os faróis desligados durante a noite, para diferenciar da nova exigência de uso dos faróis durante o dia. A infração passa a ser considerada grave. Hoje, é média.

O texto aprovado é um substitutivo do deputado Hugo Leal (PSB-RJ) ao Projeto de Lei 6871/17, do deputado Marcelo Álvaro Antônio (PR-MG). O projeto inicial só exclui a exigência dos faróis no perímetro urbano de rodovias e em rodovias duplicadas.

Leal retirou a exigência em vias duplicadas porque, segundo ele, poderia haver dificuldades na verificação das rodovias que têm ou não essa característica.

Túneis e chuva
Leal fez outras modificações ao texto. A primeira obriga o uso de farol baixo durante o dia em túneis de uma forma geral, e não apenas naqueles iluminados, como hoje a lei prevê.

O substitutivo também exige os faróis baixos sob chuva, neblina e cerração. Hoje, nessas situações, exige-se apenas o acionamento das luzes de posição, também conhecidas como farolete. “É uma incongruência exigir o uso de faróis em rodovias, mas apenas luzes de posição sob circunstâncias mais perigosas, como no caso da chuva”, afirmou Leal.

Pelo texto, os sistemas de iluminação dos veículos devem acionar os faroletes antes de ligar a luz baixa.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Por Tiago Miranda

Paim classifica de perversas as reformas de Temer

O senador Paulo Paim (PT-RS) criticou em Plenário nesta terça-feira (13) as as reformas trabalhista e previdenciária propostas pelo governo de Michel Temer. Paim é autor de um voto em separado que tenta barrar na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) as alterações na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Outros quatro parlamentares de oposição apresentaram votos em separado contra a reforma trabalhista (PLC 38/2017).

Paim afirmou que a proposta só interessa aos grandes empresários do país. E, ao contrário do que defende o governo, o texto não vai gerar novos empregos. A votação da matéria na CAS está prevista para o dia 20 de junho. O parlamentar disse ainda que nem integrantes da base de apoio do presidente Michel Temer têm defendido as reformas no Senado.

— Começamos o debate às 10h e terminamos às 18h30. Nenhum senador defendeu a dita reforma trabalhista porque eles estão encabulados. A sua base está envergonhada, presidente Temer. A sua base está constrangida. As reformas são tão perversas que, quanto mais eu leio, mais eu me assusto.

 

Senador diz que Temer exerceu obstrução da Justiça

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) apontou os indícios de que o presidente Michel Temer exerceu obstrução da justiça e abuso de autoridade, e afirmou que as atitudes do presidente levam o Brasil à “raia do imponderável”. Ele citou principalmente a denúncia da imprensa sobre o uso dos serviços de inteligência do governo para espionar o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin. Para o senador, Michel Temer busca intimidar o STF, numa violação elementar ao Estado democrático de direito.

Randolfe Rodrigues afirmou que Temer não negou as ações quando teve oportunidade para isso. O senador mencionou a iminente denúncia de Temer pela Procuradoria-Geral da República como “chefe de organização criminosa”, e os baixos índices de popularidade e sustentação parlamentar do presidente. Ele disse que, em condições normais, qualquer presidente já teria renunciado, observando que o que sustenta Michel Temer é a garantia de imunidade presidencial.

– Tudo indica e tudo caminha para que a denúncia peça autorização para que o presidente da República seja processado pelos crimes de corrupção passiva, obstrução à justiça e por ser chefe de uma organização criminosa – afirmou o parlamentar.

 

Socorro Pimentel tem nome cotado para compor chapa com Monteiro em 2018

Que o senador Armando Monteiro (PTB) é o candidato a governador da oposição ao socialista Paulo Câmara (PSB), todos nós já sabemos. O que ainda está sendo discutido entre as lideranças estaduais da oposição é qual nome se encaixaria melhor para que a campanha de Armando Monteiro ganhasse o entusiasmo das ruas, que renove as esperanças da população de Pernambuco atualmente tão desiludida com a política aplicada pela atual Gestão.
Para responder todas essas e mais duvidas da população que realmente tem expressado bastante indiferença com a política, surge um nome de uma mulher no Sertão do estado; médica pediatra, deputada estadual, e uma longa experiência na vida pública. Esse nome é o da Dra. Socorro Pimentel (PSL). Tanto a executiva estadual do PSL como vários outros partidos que compõem a bancada de oposição, se entusiasmaram com à possibilidade dessa aliança da experiência com entusiasmo jovem da mulher guerreira sertaneja. A deputada Socorro Pimentel de vice na chapa de Armando Monteiro para governador seria a explosão contra Paulo Câmara que pleiteará a reeleição estadual com baixos índices de popularidade do Sertão ao Litoral.
Ano que vem quem decide os rumos que o estado deve trilhar será a população através do voto popular, independente de Temer sair ou não, será o momento de decidir continuar com o modelo PSB de governar chefiado por Paulo Câmara, ou mudar radicalmente votando na experiência de Armando Monteiro e na capacidade e juventude da Dra Socorro Pimentel, seja para vice-governadora, ou deputada, a certeza que todos temos é que será um duelo de ideias e projetos que serão avaliados pela opinião pública o mais democraticamente possível.
Por Portinalli Alencar

Jovem de 14 anos é considerado a nova joia do futebol araripinense

Habilidade, ofensividade, rapidez e poder de finalização, são algumas das características potenciais do jovem atleta de 14 anos, 1,54cm de altura e 45 kg, Roniê Lopes Feitoza, mais conhecido como Rony na cidade de Araripina, sertão de Pernambuco.

O garoto que atua na posição de ala direito e joga pelo Colégio Destak, tradicional escola da cidade reconhecida no estado de Pernambuco por disputar diversos campeonatos da rede escolar e formar diversos jovens atletas. Rony ganhou uma bolsa de estudos no colégio quando tinha apenas 10 anos, a fim de fortalecer o time na disputa dos jogos escolares.

Cogitado em jogar pelas categorias de base do Vila Nova-Go em 2014/2015, está disputando nessa temporada o Campeonato Sub15 de futsal na cidade Juazeiro do Norte pela seleção de Araripina. O vice-prefeito da cidade Bringel filho declarou ao vê o garoto jogar que irá relaciona-lo no time do Bode do Araripe para jogar ano que vem na Copa TV Grande Rio de Futsal.

Alguns empresários de Petrolina já planejaram diversas vezes levar o atleta para fazer testes nas categorias de base do Vitória-BA e Sport Recife, porém, encontram forte resistência da mãe que não gosta da ideia do garoto sai de casa muito jovem e ganhar o mundo para ser jogador de futebol.

Rony sonha em torna-se jogador profissional pelo time do Flamengo e representar a sua cidade natal pelo Brasil a fora e para isso, ele tenta viabilizar o sonho através de patrocínio que criará oportunidades para que ele realmente comprove o seu potencial.

É esse o verdadeiro intuito da nossa matéria. Que alguém se envolva e ajude o nosso jovem atleta a tentar chegar no lugar que tanto almeja.

Por: Daniel Lopes

Jovem é morto a tiros em Araripina

Um jovem de 19 anos foi morto a tiros, nesta segunda-feira (12), em Araripina, no Sertão de Pernambuco. Ainda não há informações de quem cometeu o crime.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava na casa de uma tia, no bairro Vila Santa Bárbara, quando a residência foi invadida por criminosos que chegaram atirando no jovem. A vítima morreu no local. A polícia ainda não sabe qual a motivação do crime.

Via G1

Escritor pernambucano lançará livro sobre as origens do aboio, em Exu

Uma pesquisa de 40 anos do advogado e escritor pernambucano João Monteiro Neto resultou no livro “Aboio, Poesia, Improviso, Cantoria: Origens”. Segundo João, que também é historiador, a publicação é considerada seu “projeto de vida”, além de um resgate da cultura sertaneja. A obra é a primeira de uma trilogia.

Em entrevista ao Blog do Carlos Britto, o escritor disse que, após ler ‘Os Sertões’ de Euclides da Cunha, sua vontade ficou mais aguçada em saber as origens de várias das manifestações culturais do Sertão nordestino. Os longos 40 anos de pesquisa fizeram João Monteiro rodar o Brasil e o mundo. “Eu fiz uma varredura no norte da África, na Europa, no Oriente Médio e na Ásia. O hinduísmo é a raiz mais antiga que temos das nossas culturas, porque eles (os hindus) desafiavam os deuses e faziam composições de versos mentalmente. Eles diziam que música não era para ser escrita“, conta.

João Monteiro explica que, na tradição, o deus hindu Krishna já “aboiava” o gado, com flauta e em voz. Ainda de acordo com o escritor, essa arte de “orar” com uma nota só era ensinada aos jovens hindus pelos gurus, muitos milênios antes da colonização no Brasil. “Toda a nossa cultura está embasada em quatro religiões, sendo três monoteístas – judaísmo, cristianismo e islamismo – e uma politeísta, que é o hinduísmo, a mais forte, porque fala de vários deuses.

Segundo o escritor, a bagagem do conhecimento hindu é suporte e destaque no início da formação de várias de nossas vivências, usos e costumes. “A arte do improviso, da poesia e cantoria, como da memorização de versos, já era praticada nas escolas, templos, mosteiros e residências hindus em tempos imemoriais e transmitidas oralmente às crianças. Os portugueses ouviram todos esses cantos e ‘transportaram’ esse valioso patrimônio cultural para o Brasil”, explica.

Pesquisa

Questionado se teve dificuldades para conseguir desvendar essas histórias, João Monteiro disse que não existe dificuldades para quem faz as coisas com amor. “Não tive nenhuma dificuldade. Sabe por quê? Porque fiz com amor“, endossa. “É habito, na Índia, você colocar desde cedo a criança nas mãos dos homens santos, os mestres de lá. A primeira lição é pegar aquela criança e fazer com que ela decore, porque só se transmite música oralmente“, afirma.

Lançamento no Sertão

O livro “Aboio, Poesia, Improviso, Cantoria: Origens” já foi lançado no Recife (Região Metropolitana) e Gravatá (Agreste). Mas João Monteiro pretende levar a obra para as principais cidades pernambucanas. Em Petrolina, ainda não tem data marcada, mas já se estuda um grande evento de lançamento.

No próximo dia 20 de julho, o escritor vai ser a grande atração da 4ª edição do ‘Seminário Cariri Cangaço’, que será realizado em Exu, no Sertão do Araripe. O evento reunirá grandes estudiosos da cultura sertaneja. Depois do Brasil, o autor vai levar o livro à Europa.

Por Carlos Britto

Menino de 12 anos morre após ser envenenado em Ipubi

Um menino de 12 anos de idade morreu vítima de envenenamento, em Ipubi (PE), Sertão do Araripe. O menor deu entrada no Hospital Regional Fernando Bezerra, em Ouricuri (PE), na mesma região, por volta das 19h de ontem (11).

Ele teve duas paradas cardíacas e chegou a ser encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade, mas acabou vindo a óbito horas depois. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina, no São Francisco.

O motivo do crime por enquanto é desconhecido. A Polícia Civil (PC) deverá investigar o caso, mas até o momento ainda não se sabe quem estará à frente das investigações.

Com informações da Rádio Jornal/foto reprodução

Procurador da Lava-Jato defende prisão de Aécio

Foto: Reprodução internet

O procurador Deltan Dallagnol, que integra a força-tarefa da Operação Lava Jato, defendeu a prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), caso a determinação judicial de afastá-lo do mandato não seja cumprida pelo Senado.

“O afastamento objetiva proteger a sociedade. Desobedecido, a solução é prender Aécio, conforme pediu o PGR Janot”, escreveu Dallagnol no Twitter.

Resultado de imagem para Procurador da Lava-Jato defende prisão de Aécio

Reprodução internet

Na sexta-feira, 9, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reforçou o pedido de prisão preventiva de Aécio junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). Janot defende que, devido a alta gravidade do delito e o risco de reiteração, a prisão preventiva é “imprescindível para a garantia da ordem pública”.

Após mais de 20 dias da decisão do ministro Edson Fachin, do STF, que negou o pedido de prisão da PGR, mas afastou Aécio do cargo, o gabinete do tucano continua funcionando normalmente e ele recebe todos os auxílios à disposição dos parlamentares que estão no exercício do mandato, apesar de não ter voltado mais ao Senado desde o afastamento.

A Diretoria-Geral da Casa afirmou que só bloqueará os benefícios se houver uma determinação formal da Mesa, o que não ocorreu até hoje.

Na semana passada, o novo presidente Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza (PMDB-MA) disse ao jornal O Estado de S. Paulo não sentir, no pedido de cassação do mandato de Aécio Neves (PSDB-MG) em análise no colegiado, o mesmo “clima de pressão” que houve, por exemplo, com Delcídio Amaral (ex-PT-MS), cassado no ano passado.

“O que eu sinto é que o Senado não concorda com o afastamento do senador (Aécio). Isso eu tenho visto muito. Eles questionam por que afastar? Por qual argumento?”, afirmou Souza.

Rede pede anulação de julgamento do TSE

A Rede Sustentabilidade protocolou nesta segunda-feira, 12, no Supremo Tribunal Federal (STF) uma reclamação pedindo a nulidade do julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que absolveu a chapa presidencial Dilma Rousseff-Michel Temer.

A ação solicita concessão urgente de liminar e a realização de um novo julgamento que leve em consideração as provas apresentadas pelos delatores da Odebrecht. O partido pede também que o processo do TSE seja suspenso até que a reclamação seja julgada pelo plenário do STF.

Por 4 a 3, o TSE decidiu na sexta-feira, 9, livrar o presidente Michel Temer de ter seu mandato cassado. Na decisão foi mantida elegibilidade da ex-presidente Dilma Rousseff, que encabeçava a chapa em 2014.

Na petição, a Rede critica o resultado do julgamento e nega que a apreciação dos depoimentos dos executivos da empreiteira representaria uma ampliação indevida do objeto demandado na fase instrutória do processo. “Cumpre destacar, ainda, que a decisão reclamada teve por efeito deixar de considerar uma série de provas que apontavam para graves irregularidades e ilícitos eleitorais, representativos de graves práticas de abuso de poder econômico e político, cujo imperioso enfrentamento é dever da Justiça Eleitoral e dos partidos políticos”, diz a petição.

Comissão aprova extintor de incêndio como item obrigatório de veículos

A Comissão de Viação e Transportes aprovou a inclusão, entre os equipamentos obrigatórios dos veículos, do extintor de incêndio com carga de pó ABC.

As especificações deverão ser definidas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

A medida está prevista no Projeto de Lei 3404/15, do deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE), e recebeu parecer favorável do relator, deputado Remídio Monai (PR-RR).

A proposta altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), que hoje inclui cinto de segurança e airbag entre os itens obrigatórios, mas não o extintor.

Resolução contrária
O texto vai no sentido contrário a uma resolução (556/15) do Contran que tornou facultativo o uso do extintor de incêndio para os automóveis, utilitários, camionetas, caminhonetes e triciclos de cabine fechada.

O relator Remídio Monai concordou com o argumento do autor de que a decisão não apresenta justificativa consistente e contraria normativos anteriores do próprio Contran.

Custo insignificante
No entendimento do relator, a manutenção da obrigatoriedade do extintor para algumas categorias, como ônibus e caminhões, demonstra a utilidade do equipamento no combate a pequenos focos de incêndio.

“Quantos de nós já não passamos por veículos parados às margens da via, com o pó branco do extintor jogado sobre o motor, resultado do combate eficaz a um foco de incêndio”, disse Monai.

“Cabe destacar que o custo do extintor de incêndio é insignificante em relação ao custo do próprio veículo, ainda mais se considerarmos os benefícios advindos de sua adequada utilização”, considerou ainda.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Por Noéli Nobre

Policia erradica 44 mil pés de maconha em Santa Filomena-PE

Uma operação do 7º Batalhão da Polícia Militar (7ºBPM) erradicou 44 mil pés de maconha na Zona Rural de Santa Filomena, no Sertão de Pernambuco. A ação iniciou na quinta-feira (8) e encerrou no sábado (10). Foram vistoriadas sete propriedades rurais da região.

De acordo com o 7º BPM, ação teve a participação de 15 policiais do GATI, Malhas da lei, NIS4. Ninguém foi preso.

Via G1 Petrolina Foto: Divulgação/7º BPM

Posts Populares