O Partido Social Liberal (PSL), que tem como presidente o deputado federal Luciano Bivar (PE), afastou nesta quinta-feira (21) qualquer possibilidade de acolher em seus quadros o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que teria desistido de se filiar ao PEN/Patriotas.

De acordo com a nota de Bivar, Bolsonaro não será aceito no PSL porque não tem identidade com o ideário do partido.

“Não procedem, de forma alguma, as notícias de que o deputado federal Jair Bolsonaro possa se filiar ao PSL. O projeto político de Jair Bolsonaro é absolutamente incompatível com os ideais do LIVRES e o profundo processo de renovação política com o qual o PSL está inteiramente comprometido”, diz a nota do PSL.

“Ele representa o autoritarismo e a intolerância tanto na economia quanto nos costumes, sendo a antítese completa das nossas ideias”, acrescenta o comunicado. Confira:

I- Não procedem, de forma alguma, as notícias de que o deputado federal Jair Bolsonaro possa se filiar ao PSL.
II- Após solicitação feita por Bolsonaro, o presidente nacional do PSL e também deputado federal, Luciano Bivar, recebeu-o em reunião.
III- Em função das evidentes e conhecidas divergências de pensamento, o projeto político de Jair Bolsonaro é absolutamente incompatível com os ideais do LIVRES e o profundo processo de renovação política com o qual o PSL está inteiramente comprometido.
IV- Bolsonaro representa o autoritarismo e a intolerância tanto na economia quanto nos costumes, sendo a antítese completa das nossas ideias.

Nas últimas pesquisas de intenção de voto para 2018, Bolsonaro aparece em segundo lugar, perdendo apenas para o ex-presidente Lula.

Bolsonaro (PSC-RJ) anunciaria até 5 de janeiro próximo que não será mais candidato a presidente da República pelo PEN/Patriotas.

Segundo parlamentares ligados ao presidenciável, o presidente nacional do PEN, Adilson Barroso, não teria cumprido o compromisso de ceder o controle do partido em estados-chave para o grupo bolsonarista.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHomem é preso por estupro no município de Ouricuri
Próximo artigoPreço da gasolina e do diesel tem novo reajuste amanhã nas refinarias
Paulo Gonçalves Arraes, nasceu em Araripina-PE em 1969, formado em Ciências com habilitação em Biologia pela FAFOPA, com cursos de Instrutor de Trânsito e Diretor de CFC (Auto Escola) pela UPE/Detran-PE, Vereador 1999/2000 (PSB) e 2001/2014 (PPS), Assessoria Política em campanhas eleitorais na Região do Araripe e em 2009 representou Pernambuco no Movimento pela Recomposição das Câmaras de Vereadores no Congresso Nacional em Brasília.